quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Lispector.


"Antes de me reconciliar com o processo da vida, no entanto, sofri muito, o que poderia ter sido evitado se um adulto responsável se tivesse encarregado de me contar como era o amor. [...] Porque o mais surpreendente é que, mesmo depois de saber de tudo, o mistério continuou intacto. Embora eu saiba que de uma planta brota uma flor, continuo surpreendida com os caminhos secretos da natureza. E se continuo até hoje com pudor não é porque ache vergonhoso, é por pudor apenas feminino.
Pois juro que a vida é bonita."
Clarice Lispector.

2 comentários:

Gabi =] disse...

Clarisse...sempre ela! Minha musa soberana.

Carolina Muait disse...

concordo, é um tanto cruel pois só diz a verdade em sua forma mais descrente.

seu blog é bonito, Clarisse Lispector é de encantar... e, obrigada pelas visitas anônimas;