segunda-feira, 14 de setembro de 2009




Quero que lhe falar do que sinto.

Quero lhe falar das tardes de azul, vermelho e amarelo,

que me deixaram pegar estrelas do céu para pôr nos meus olhos.

Quero lhe falar amor, quero sentir, quero ser o amor!

Quero ser a razão mais sem pé nem cabeça que todo sentimento assim constroi

Quero teus braços frios para me refrescar, quero teu peito macio para me deitar

- Suspiro

Do que eu não quero está tudo antes de amar e nada depois de sentir.

Tudo depois de falar e nada depois de escutar

Quero viver com isso.

Só com isso, morrer com isso.







Por Mayara.

Um comentário:

Maíra disse...

Que saudade dos posts!!! voltando a velha forma... lindo!